Sobre

Sem medo de defender a liberdade, o VIII Curta o Gênero ocorre de 31 de Outubro a 8 de Novembro de 2019

O evento é gratuito e ocorre no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Porto Dragão e Porto Iracema das Artes

Com o tema: “Um outro mundo ainda é possível! Suleando estéticas, afetos e práticas feministas e de outros campos contra hegemônicos para o bem viver”, a VIII edição do Curta O Gênero propõe em meio a um cenário de retrocesso civilizatório ancorado no fundamentalismo moral, no neoliberalismo econômico e numa subserviência colonial emergente, um chamado ao acolhimento e à resistência social, política e cultural.

O evento ocorre de 31 de Outubro a 8 de Novembro, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Porto Dragão e Porto Iracema das Artes. Com uma programação vasta, o Curta o Gênero 2019, conta com seminário, mostra internacional audiovisual, exposições fotográfica e de ilustrações, espetáculos cênicos, feira de economia solidária, de livros e agroecológica, Flash Tattoo, atividades para crianças e lançamento de livros.

VIII Seminário Internacional Gênero, Cultura e Mudança

O Seminário Internacional Gênero, Cultura e Mudança é sempre uma das ações mais esperadas no COG, integrando mesas, apresentação de trabalhos e relatos de experiências, minicursos, rodas de conversa e oficinas.

Com objetivo de oferecer espaços de socialização de ideias no campo dos feminismos e de outras práticas contra-hegemônicas, o VIII Seminário Internacional Gênero, Cultura e Mudança traz como tema geral “Um outro mundo ainda é possível! Suleando estéticas, afetos e práticas feministas e de outros campos contra-hegemônicos para o bem viver”, afirmando sua vocação descolonial, despatriarcal e anti-capitalista.

Entre suas ações, o Seminário conta esse ano com mais de 40 convidadas e convidados, abordando temas como comunicação e cultura, marxismo, descolonialidade, violências e conservadorismos morais, dentre outros, sempre interseccionados com as questões feministas, de gênero e sexualidades.

Destacamos as presenças da pesquisadora dominicana Ochy Curiel, referência nos estudos feministas descoloniais da América Latina, da jovem liderança indígena, Silvinha Xukuru, de Pernambuco, da primeira deputada trans eleita em Pernambuco, Robeyoncé Lima, da cantora e ativista feminista, Ana Cañas e Tatiana Lionço, coordenadora do NEDIG/CEAM – UNB.

As inscrições para o Seminário são gratuitas e limitadas e ocorrerão no dia 05 de Novembro, a partir das 8h30min, mediante a doação de materiais de higiene pessoal (absorvente, papel higiênico ou sabão em pó) ou roupas e calçados do gênero masculino que serão doados para o Grupo de Mães e Familiares do Sistema Socioeducativo e Prisional.

VIII Mostra Internacional Audiovisual Curta o Gênero

Essa será a maior edição da Mostra Internacional Audiovisual Curta o Gênero. 76 curtas-metragens estarão distribuídos em 14 sessões, sendo 04 dessas, especialmente dedicadas ao público infantil e fazem parte do II Colorindo o Gênero. Nas outras 10 sessões do programa audiovisual, destaque para as sessões “Paratodes” e para as sessões especiais, dentre elas, “Pequeno Panorama Cearense” e “O que pode o corpo? Desejo, poder e política”.

Dos mais de 360 curtas-metragens inscritos, a curadoria selecionou obras de 11 estados brasileiros e 14 países, e, 46 selecionados são dirigidos ou co-dirigidos por mulheres.

Destaca-se a exibição de dois longas-metragens convidados, essenciais para se pensar o atual cenário político brasileiro.

“Greta”, do diretor cearense Armando Praça, abre a VIII Mostra Internacional Audiovisual Curta o Gênero. O filme aborda temas como solidão, desejo, homossexualidade e sobrevivência a nossa sociedade hipócrita e conservadora, sendo exibido no dia 31/10, às 19 horas, no Cinema Dragão do Mar.

“Torre das Donzelas”, como era chamada a ala feminina do Presídio Tiradentes em São Paulo, traz o depoimento de cerca de 30 mulheres, dentre elas a ex-presidenta Dilma Rousseff, todas acusadas pelo “crime” de lutar contra a ditadura. O documentário dirigido por Susanna Lira, será exibido no dia 06/11, às 19h, no Cinema do Dragão do Mar.

Após a exibição dos longas, haverá um bate-papo com o diretor e a diretora.

Contrastes  

A Exposição Fotográfica Contrastes faz parte do Curta o Gênero, desde sua primeira edição, em 2012, reunindo obras de profissionais que são selecionados por uma curadoria após submeterem os trabalhos em um concurso nas redes sociais.

Nessa edição foram selecionados 24 trabalhos de 8 fotógrafas e fotógrafos, sendo 04 do Ceará, 02 de São Paulo, 01 do Rio de Janeiro e 01 do Piauí, apresentando nas suas obras uma imersão nos campos de gênero e sexualidades, numa perspectiva descolonial.

Espetáculos

“Estar em cena para sensibilizar, para impactar e para inquietar”, assim é a proposta do V Gênero em Cena. As mulheres do Nóis de Teatro apresentam a peça Despejadas, que remonta a comunidade em que viveu Carolina Maria de Jesus nos anos 60, fazendo um contraponto com a realidade de hoje.

Uma história teatralizada sobre a realidade. Como nas performances FALO, do Núcleo de Acolhimento Humanizado às Mulheres em Situação de Violência na Universidade (NAH/UECE) – interpretação da música da banda Carne Doce; na performance Sobre Viver!, de Nicole Villar – sobre sobrevivência em um dos países que mais mata pessoas trans e travestis no mundo – e Todxs Putxs, de José Honorato Neta, interpretação da música de mesmo nome da cantora Ekena.

Em outro momento, sobre ao palco, a personagem inspirada na obra do cineasta Pedro Almodóvar, Dolores, interpretada por Alda Pessoa, no espetáculo de De Las Entrañas, com um enredo sentimental e estético de exageros, desejos, dores e paixões.

Expressões de Gênero

Um concurso também realizado nas redes sociais, recebeu 70 trabalhos de vários lugares do Brasil e de alguns países da América Latina, no qual foi selecionado o trabalho da cearense Vitória Sena, sendo a ilustradora responsável pela identidade visual do Curta o Gênero 2019.

A Exposição de Ilustrações Expressões de Gênero, além de contar com 09 trabalhos de Vitória Sena, traz ainda obras de 06 ilustradoras com foco em temáticas feministas e descoloniais.

Colorindo o Gênero

O Colorindo o Gênero ocorre em segunda edição com o objetivo de promover atividades lúdicas e interativas, articulando gênero, direitos humanos, cidadania e infância. Com a parceria de núcleos de extensão da UFC e UNILAB, o II Colorindo o Gênero recebe crianças a partir de seis anos autorizadas pelos pais e (ou) responsáveis e traz inovações como brincadeiras infantis, amarelinha africana, cama de gato, intervenções colaborativas em murais, oficinas de abayomis, ciranda africana e mostra audiovisual infantil.

Feira de Economia Solidária, de Livros e Agroecológica

Uma economia sustentável e que seja capaz de garantir o desenvolvimento saudável de um povo ou de uma comunidade é uma das premissas da Feira de Economia Solidária e Agroecológica. A Feira será realizada a partir do dia 05 de Novembro, no Espelho D´água, no horário de 13h às 20 horas, contando também com a presença da Livraria Lamarca.

Flash Tattoo

Pelo terceiro ano consecutivo, quatro jovens artistas tatuadoras fazem o Flash Tattoo – espaço exclusivo para a representação de temas feministas e descoloniais. Como no ano passado, o COG 2019 traz também Flash Piercing.

Lançamento de Livros

O lançamento coletivo de livros é uma marca do Curta O Gênero e nesse ano, 10 livros de autoras e autores diversos serão reunidos em um momento de bate papo e autógrafos. Um dos livros será “Feminismos descoloniais e outros escritos feministas”, sendo este, o quarto da Coleção Gênero, Cultura e Mudança, organizado pela Fábrica de Imagens.

O VIII Curta o Gênero é uma realização da Fábrica de Imagens e conta com o apoio da Rede Latino-americana de Gênero e Cultura, Instituto Dragão do Mar, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Porto Dragão e Porto Iracema das Artes, apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará e Enel.

O evento será encerrado com um show da cantora Jord Guedes e banda no Palco Porto Dragão, na sexta, 08 de novembro, às 19h.

 

SERVIÇO

VIII Curta o Gênero “Um outro mundo ainda é possível! Suleando estéticas, afetos e práticas feministas e de outros campos contra hegemônicos para o bem viver.”

Data: 31 de Outubro a 8 de Novembro de 2019

Horário: Conforme programação

Local: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Porto Dragão e Porto Iracema das Artes

Informações: 98898-4847 – Ívina Nascimento (Assessoria de Imprensa)

Instagram: @curtaogenero

Facebook: @curtaogenero